Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
17/11/17 às 17h48 - Atualizado em 16/05/19 às 15h39

Zoo de Brasília participa de eventos sobre conservação de fauna

Entre 6 e 10 de novembro, membros da equipe do Zoológico de Brasília participaram do I Workshop sobre as diretrizes para conservação ex situ da União Internacional para a Natureza (IUCN) e do I Simpósio Internacional de Conservação Integrada. Os eventos foram organizados pelo Parque das Aves no Parque Nacional do Iguaçu (PR). O objetivo foi promover a integração entre as instituições envolvidas na conservação da fauna nos ambientes naturais e sob cuidados humanos em zoológicos e aquários.

 

Durante o Simpósio, que durou três dias, mais de 200 pessoas participaram de palestras apresentadas por profissionais de 15 instituições do Brasil, Argentina, México e Europa. Eles mostraram a necessidade urgente de se conectar os esforços para se atingir resultados mais efetivos na conservação das espécies.

 

Já o Workshop foi ministrado pela bióloga do Copenhagen Zoo e gerente de projetos do Grupo de Especialistas em Planejamento para Conservação (CPSG/IUCN) na Europa, Kristin Leus, e pela educadora e presidente da organização “Save the Golden Lion Tamarin”, Lou Ann Dietz. Elas apresentaram o processo de cinco passos que a União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN) recomenda aos zoos e aquários adotarem para planejar e estabelecer seus projetos de conservação. O processo já é utilizado nos Estados Unidos, Canadá, México, Europa e Ásia, abrangendo iniciativas que visam desde borboletas até rinocerontes, passando por espécimes da fauna brasileira como os Lobos Guarás, Tamanduás e Araras.

 

O diretor-presidente da Fundação Jardim Zoológico de Brasília (FJZB), Gerson Norberto, disse que “somente fortalecendo o trabalho em parcerias técnicas comprometidas, com foco em passos concretos em prol da conservação, é que conseguiremos fazer algo para impedir que muitas espécies conhecidas e outras tantas desconhecidas desapareçam”. Para Norberto, “o tempo é curto para que muitas coisas sejam realizadas, desde mudanças conscientes de pequenos hábitos, como fechar uma torneira e apagar a luz do quarto exercendo assim um consumo consciente de bens no nosso cotidiano, até o manejo de frágeis e raros embriões para salvar uma espécie”. Ele também disse que “tudo está conectado, e o Zoo de Brasília, junto com todos seus parceiros institucionais e seus 1,2 milhão de parceiros que nos visitam anualmente, irão responder a esse desafio. É para isso que fomos chamados”.

 

Ao final do evento, Norberto fez o convite para todos participarem do 42º Congresso da Sociedade de Zoológicos e Aquários do Brasil que está sendo organizado pelo Zoo e será realizado no Estádio Nacional de Brasília em abril de 2018. Mais informações estão disponíveis no site: http://www.42congressoszb.com.br/

 

Além do Zoológico de Brasília, também participaram do workshop equipes do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), Sociedade de Zoológicos e Aquários do Brasil (SZB), Secretaria de Meio Ambiente do Paraná, Projeto Tamanduá, Sociedade de Pesquisa em Vida Selvagem e Educação Ambiental, Mater Natura e outros nove zoos.

ZOO - Governo do Distrito Federal

Fundação Jardim Zoológico de Brasília

Fundação Jardim Zoológico de Brasília Avenida das Nações, Via L4 Sul, s/n - Brasília, DF. CEP - 70610-100 Telefone: 3445-7000